Razões para o fracasso do Windows 8

1 – Você não necessita do Windows 8 no seu PC

Vaughan-Nichols acredita que a nova edição do sistema operacional da Microsoft não possui nenhuma ferramenta que não possamos encontrar no Windows 7, em uma boa distribuição do Linux ou no Mac OS X. Para ele, uma inicialização mais rápida, uma loja de aplicativos, um mecanismo para restaurar o sistema com mais facilidade ou um recurso que permite o boot do SO diretamente de um pendrive podem ser encontrados em outras plataformas há anos.

2 – Interface inútil

O editor do site ZDNet afirma que a interface Metro é inútil. Ele começa criticando o novo visual do sistema fazendo uma relação do fato de janelas não poderem ser redimensionadas ou movidas nessa interface como um retrocesso para a primeira versão do Windows – onde tais ações também não eram possíveis. Além disso, nós teremos que nos readaptar a fazer coisas que sempre fizemos no computador somente pela mudança da aparência do SO.

3 – Cadê os aplicativos para a nova plataforma?

Outra crítica do entusiasta refere-se à falta de informação por parte da empresa sobre os aplicativos desenvolvidos ou adaptados para o novo sistema operacional. Segundo ele, nem mesmo versões dos próprios softwares da Microsoft (como o pacote de ferramentas do Office) foram anunciadas – fato que indicaria um alto risco do sistema chegar ao mercado com uma baixíssima quantidade de programas disponíveis.

4 – Barreiras para os desenvolvedores

De acordo com a matéria, o Windows 8 impõe uma série de dificuldades aos desenvolvedores de softwares. Primeiramente, ele usa linguagens e modelos de programação pouco comuns – o que exigiria um aprendizado mais aprofundado dos programadores nessas tecnologias.

Porém, o mais grave é o fato de que todos os aplicativos criados para essa nova plataforma precisarão ter compatibilidade tanto com a interface Metro como com a usada atualmente no Windows 7. Isso sem contar que os softwares também precisarão ter suporte para as plataformas x86 e ARM. Os desenvolvedores terão muito trabalho e algumas dores de cabeça pela frente.

5 – Tarde demais

É de conhecimento público que o Windows 8 é uma iniciativa da Microsoft de entrar com mais força no mercado de portáteis, mais especificamente no de tablets. Contudo, para Steven Vaughan-Nichols, essa tentativa veio tarde demais.

A nova plataforma vai entrar em uma briga de cachorro-grande travada por Android e iOS – que para ele são sistemas muito mais maduros e funcionais do que a nova versão do Windows. O iPad dominou o mundo doa tablets por muito tempo, sendo desafiado somente nos últimos meses por lançamentos da Motorola e Samsung.

Em se tratando de smartphones, o Android cresce exponencialmente e se torna mais forte a cada dia. Nesse cenário, o Windows 8 terá muito o que provar para conseguir a mínima fatia desse bolo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: