Cachorro-robô foi atropelado por um carro em 1939

A história da humanidade está cheia de acontecimentos importantes, comprovados por documentos históricos. Mas existe aquela parcela dos fatos que parece difícil de acreditar que ocorreram, mesmo com a comprovação de relatos da época.

É o que aconteceu com a história de Sparko, um cão-robô criado em 1939 que perseguiu um carro e foi morto. Em 1929 o homem já havia inventado um cachorro-robô: Philidog, modelo francês exibido na Exposição Internacional de 1929, em Paris. O cão mecânico seguia uma luz específica de forma obediente e, quando chegava muito perto do brilho, parava e começava a latir.

Mas, em 1939, surgia o Sparko, um cão-robô que tinha a intenção de ofuscar o francês. Três unidades do cãozinho de lata foram produzidas, inspiradas em Philidog. Os robôs eram baseados em terriers escoceses, e foram exibidos na Feira Mundial de 1939 juntamente com um robô fumante.

O último Sparko desapareceu em 1957, e o seu destino permanece um mistério. O primeiro morreu tragicamente antes de a Feira começar, quando um trabalhador descuidado deixou a porta da área de armazenamento aberta. De acordo com fontes da época, um carro passou pela porta, e o cão robô viu os faróis. Logo, ele foi atrás do carro, tentando persegui-lo, mas acabou sendo atropelado, apesar dos esforços do motorista em tentar evitar a tragédia.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: